Tag Archives: Toulouse-Lautrec

Toulouse-Lautrec

Entre 1888 e 1898, Henri de Toulouse-Lautrec produziu suas melhores obras de arte. Ele não somente pintou mas fez uma infinidade de cartazes, todos, relacionados a sua intensa vida social, quando passava bastante tempo nos cinemas, cabarés e cafés-concertos.

Apaixonado pela vida boêmia, talvez por medo de não ser aceito pela sociedade por causa de sua deformação física, escolheu amigos igualmente marginalizados, como artistas de circo, cafetões e prostitutas. Vivendo principalmente nos bordéis, Toulouse-Lautrec bebeu muito álcool, especialmente absinto, e sua vida tornou-se cada vez mais sem rumo. Os historiadores relatam que ele sempre escondeu uma garrafa de álcool em sua bengala.

A cidade de Albi, nos pirineus franceses, renovou completamente o museu Toulouse-Lautrec dedicado ao filho mais ilustre da cidade. Em suas salas é possível apreciar uma quantidade significativa de cartazes e quadros pintados pelo artista, além da reconstituição de grande parte do história da sua vida. A casa da família fica nas redondezas da cidade e também é um ponto turístico a ser visitado.

Em fevereiro de 1899, ele teve um colapso nervoso e foi confinado em um sanatório, quando saiu, em dezembro do mesmo ano, recomeçou a pintar, mas nesta fase suas obras não foram tão brilhantes como aquelas de antes do seu esgotamento. “Eu sabia que um dia você ainda se mataria…” frase sarcástica do seu pai, um caçador aristocrata, quando vinha vê-lo em Paris, deixou-o ainda mais desanimado e, em 01 de março de 1901, ele caiu numa depressão ainda mais grave. Antes de desfalecer, exprimiu com pesar: “La vie est belle”, falecendo logo depois, no mês de setembro, com a idade de trinta e sete anos.

www.museetoulouselautrec.net

Posted in Frescurites, Viajar | Tagged , | Comentários desativados em Toulouse-Lautrec