Tag Archives: Paris

Parisienne

Depois de tanto bafafá, “La petite veste noir”, a exposição mais aguardada do ano, invadiu Paris com sua horda de súditos e celebridades que seguiam o Kaiser da Moda. Para delírio e frenesi dos fashionistas que terão que enfrentar filas quilométricas para ver as centenas de fotografias da “petite veste noir” sendo encarnada por artistas e personalidades  vestindo a famosa peça criada por Coco Chanel em 1954.  A mostra em preto e branco, of course, é gratuita e fica em cartaz no Grand Palais até 25 de novembro de 2012. Horários e maiores informações aqui: lapetitevestenoire.chanel.com

Posted in Moda & Modos | Tagged , , , , | Comentários desativados em Parisienne

Surrealista experimental

As fotografias do mexicano Manuel Álvarez Bravo fascinam não somente por fazer alusão ao seu exótico país mas, antes de tudo, como produto da imaginação de um olhar excêntrico e surrealista. A seleção de 150 imagens apresentadas no Jeu de Paume tem como objetivo destacar um conjunto específico de motivos iconográficos na obra de Manuel Álvarez Bravo, algo como reflexões em trompe l’oeil da metrópole. Volumes de tecido sugerindo fragmentos de harmonia corporal, decoração minimalista e geométrica, um corpo deitado …

As imagens de Álvarez Bravo em preto e branco são poéticas, perturbadoras com fortes e ocultas intenções de uma sequência cinematográfica. Foi dessa maneira que visualizei essa exposição, como se estivesse observando imagens estáticas de um filme. Tal qual aparecem nos mais conhecidos curtas-metragens experimentais dos arquivos da família nos anos de 1960. Em cartaz até 20 de janeiro de 2014.

Posted in Parisiando | Tagged , , , , | Comentários desativados em Surrealista experimental

Hopperless

Nesses dias melancólicos de outono, observar as pinturas de Edward Hopper (1882-1967) dá a impressão de fazer parte de seus quadros. Quanta solidão pode-se suportar numa existência banal? Apesar das cores fortes e dos contrastes nos traços, os personagens de Hopper tem sempre um olhar melancólico perdido no horizonte ou em face de um objeto. O olhar de quem não sabe se existe diferença entre ter esperança e esperar pacientemente ou se os dois apenas fazem parte de um dos exercícios para manter-se vivo.

O Grand Palais, em Paris, apresenta uma retrospectiva histórica em torno das obras emblemáticas desse artista, considerado um dos maiores pintores americano dos anos 1950 mas, sobretudo, um excelente story-boarder. Uma contemplação imperdível que pode ser apreciada até 28 de janeiro de 2013.

Posted in Parisiando | Tagged , , , | Comentários desativados em Hopperless

Gigante brasileiro

Como parte do Festival de Outono, em Paris, o Jeu de Paume apresenta uma retrospectiva do cineasta Glauber Rocha, uma homenagem a suas revoluções estéticas e políticas dos anos 1960 e 1970. Cineasta de escolhas políticas e estética intransigente, a retrospectiva apresentada pelo Jeu de Paume é uma oportunidade singular de descobrir muitos dos seus filmes e uma seleção de cineastas brasileiros reveladas nos últimos anos.

Em 1980, “A Idade da Terra”, último filme de Rocha, provocou um escândalo no Festival de Cinema de Veneza. Alegoria do Brasil contemporâneo e sua evolução, o filme traz consigo os arquétipos referentes aos trabalhos anteriores do diretor. É este último filme incomum, que oferece essa oportunidade aos iniciantes de poder entender e compreender seus filmes. Como representante do cinema novo, em duas décadas, Glauber Rocha foi uma das figuras mais importantes da renovação do cinema brasileiro.

Sua filha Paloma Rocha (filha de Glauber Rocha) e Joel Pizzini irão apresentar esta sessão de longas-metragens, onde alguns exemplares foram recentemente restaurados, além de curtas-metragens, documentários e obras raras do maior cineasta brasileiro. Até 18 de dezembro.

Maiores informações e reservas: infoauditorium@jeudepaume.org

Posted in Parisiando | Tagged , , , , | Comentários desativados em Gigante brasileiro

Moda no cinema

Neste final de semana, de 09 a 11 de novembro, quem for ao Centro Pompidou, em Paris, poderá assistir (se sobrar lugares) à filmes, curtas e longa-metragens do primeiro festival internacional de cinema de moda apresentado por A Shaded View on Fashion Film – ASVOFF.  Fundada há cinco anos pela famosa fotógrafa e crítica de moda, Diane Pernet, este evento tornou-se um must see pela qualidade de sua seleção de curta-metragens. Corra para ver e ser visto!

Posted in Moda & Modos | Tagged , , , | Comentários desativados em Moda no cinema

Leilão Gaultier

Na próxima segunda-feira, 12 de novembro, uma seleção de criações de Jean-Paul Gaultier irão ser vendidas num leilão especial no Hotel Drouot. Todas as peças, sobretudo dos anos 80 e 90, são itens selecionados em armários privados por Penélope Blanckaert, especializada em leilões de moda.

A estimativa quanto aos valores das peças que aguardam o soar dos martelos estão na faixa entre 50 e 500 Euros. Este evento marca os 30 anos de carreira de um dos estilistas favoritos dos franceses e será precedida de uma exposição aberta ao público no sábado, 10 de novembro apenas no período da manhã.

O leilão “Jean Paul Gaultier – 30 anos de criação”,  será realizado na segunda- feira, 12 de novembro, às  14h00, na Hotel Drouot-Richelieu: 9, rue Drouot, Sala 6,  Paris 9.

Posted in Moda & Modos | Tagged , , , | Comentários desativados em Leilão Gaultier

H&M de Margiela

Depois de Lanvin e Versace, é com a Maison Martin Margiela, conhecida pelo seu culto ao mistério e suas cirações de alta-confidencialidade, que a H&M lança sua coleção outono-inverno 2013. O designer belga escolheu as ruas de Paris para fotografar a coleção, que traz sua visão pessoal de moda aliada ao gigante sueco do fast fashion. O resultado? Cortes assimétricos, chiques, muito branco, preto e cinza, distribuídos num estilo minimalista à la Margiela,  entusiasta da moda por puro deleite. A coleção estará disponível a partir de 15 de novembro nas lojas H&M.

Posted in Parisiando | Tagged , , , | Comentários desativados em H&M de Margiela

Galerie Lafayette 1912-2012

Símbolo da arquitetura Art Nouveau, com seus balcões desenhados por Louis Marjorelle, a cúpula das galerias Lafayette, no Boulevard Haussmann, sopra uma centena de velinhas mas é o público quem ganha de presente uma nova iluminação. Especialmente concebida para o centenário dessa loja, o arquiteto Rem Koolhaas juntamente com o escritório OMA e o artista plástico Yann Kersalé criaram uma fachada tecnológica que envolve toda a parte externa da galeria. Essa obra, batizada de Crysalide, evolue em cores e de acordo com as estações do ano. A imagem noturna desse evento visual é impressionante com seus efeitos multicoloridos.

Fotos: Christian Nouzillet

Posted in Parisiando | Tagged , , , , , | Comentários desativados em Galerie Lafayette 1912-2012

Naturoscopie

Uma mesa que projeta a imagem do pôr-do-sol e luminárias que se metamorfoseam nas paredes são algumas das propostas do jovem designer Noé Duchafour-Lawrence na exposição batizada de Naturoscopie, presente na Galerie Béatrice Saint-Laurent, em Paris, até 15 de dezembro.

Duchafour-Lawrence vê o mundo pela ótica filosófica e para ele tudo está relacionado com a natureza e seus eventos. As peças desse projeto Naturoscopie dizem muito sobre sua maneira de conceber objetos decorativos que transcendem o conceito de utilitário. Na verdade, segundo o designer cada peça adquire um outro significado, onde o desenho escultural é o meio de traduzir a mensagem que vem da natureza. Galerie BSL – 23, rue Charlot, Paris 03.

Posted in Diversos | Tagged , , , , | Comentários desativados em Naturoscopie

Bolshoi

Quanto mais fluo, melhor, mesmo que a imagem se torne quase imperceptível como uma pintura impressionista. O que vale para o autor dessas obras, Bruno Aveillan, é o imaginário, a divagação que leva cada pessoa a pensar o que poderia ser e que imagem essa fotografia esconde. Esse perece ser o leitmotif do fotógrafo e artista multimídia Bruno Aveillan, que expõe suas fotografias Bolshoi Underground até 03 de dezembro na Galerie Spree, em Paris, uma sequência de imagens depersonagens clicadas nas salas de ensaio de balé clássico do teatro Bolshoi. Aveillan ficou mundialmente conhecido depois de produzir o filme Odisséia para a Cartier, que lhe conferiu status de artista com obras selecionadas pelo Moma de Nova York.

Posted in Parisiando | Tagged , , , | Comentários desativados em Bolshoi