Tag Archives: hotel

Montmartre Mon Amour

Eles nunca dividiram o mesmo teto mas trocaram uma abundante correspondência diária. Ao todo, 23 650 cartas de amor e cumplicidade. Juliette Drouet (1806-1883) renunciou a sua carreira no teatro para ficar em casa e sair para passear apenas com seu amado, Victor Hugo (1802-1885). Durante 50 anos eles festejaram fielmente o dia 16 de fevereiro, data do primeiro encontro dos amantes. Depois do último suspiro de sua musa inspiradora, Victor Hugo abandonou a escrita e faleceu três anos depois dela. Assim como Victor Hugo e Juliette Drouet, Charles Baudelaire e Jeanne Duval, Paul Gauguin e Tehura, Guillaume Apollinaire e Lou, Edith Piaf e Marcel Cerdan, Jean-Paul Sartre e Simone de Beauvoir, Romain Gary e Jean Seberg, Paul Verlaine e Arthur Rimbaud são os casais míticos que emprestam sua história apaixonada aos pombinhos contemporâneos.

Localizado próximo às escadarias da igreja do Sacré-Coeur, Montmartre mon amour é uma ode apaixonada sob o signo do amor. Nas paredes pintadas em vermelho, símbolo da paixão, o tema recorrente do lugar é apresentado em grandes e antigas fotografias em sépia com imagens dos lugares míticos para se dizer “Eu te amo” na Cidade Luz. Esse hotel parisiense de apenas 24 quartos, localizado num dos bairros mais artístico-boêmios de Paris, tem atmosfera totalmente romântica e aconchegante. 

Sandrine Alouf tirou partido dos pequenos espaços, as suítes tem entre 25 e 28 m², para transformar as alcovas num verdadeiro ninho de amor. Nas paredes, fotografias gigantes dos casais apaixonados envelopam as paredes, onde declarações românticas e cartas de amor foram reproduzidas. A presença da escrita e das fotografias evocam o mais nobre dos sentimentos e enfeitam as cabeceiras das camas que tem iluminação controlada por LED, cuja intensidade varia de acordo com o humor dos amantes.

Cada suíte tem uma cor específica que corresponde, em parte, ao temperamento dos artistas famosos que a inspiraram e traz nomes sugestivos, como “Segredos de amor”, “Primeira noite”, “Beijos roubados”, “Noite estrelada”. Com essa proposta irresistível, o hotel Montmartre mon amour glorifica o amor declarado ou guardado em segredo.

www.hotelmontmartremonamour.com

Posted in Parisiando | Tagged , , , , , | Comentários desativados em Montmartre Mon Amour

Erwin Blumenfeld

“Cada página é vista por milhões de pessoas e nós somos responsáveis por criar esse interesse pelo belo. Nossas imagens são a essência da página e, cada página, deve ter seu próprio rosto, sua própria imagem, para atrair milhões de olhos para um pedaço de papel impresso”, sentenciava Erwin Blumenfeld, um dos fotógrafos de moda mais famosos e mais bem pagos dos anos de 1940 e 1950.

Erwin Blumenfeld (1897 – 1969) é um fotógrafo americano de origem alemã, que, depois de participar do movimento Dada, começou uma carreira na fotografia no início dos anos 1930. Ele se mudou para Paris em 1936, onde começou a trabalhar para as revistas Vogue e Verve. Detido em um acampamento na França em 1940, ele conseguiu fugir para os Estados Unidos em 1941, onde, por mais de 15 anos, contribuiu com as revistas de moda mais importantes como Vogue, Harpers Bazaar, Collier, Life, Cosmopolitan, Look.

Para festejar a publicação do livro “Studio Blumenfeld – Couleur, New York, 1941-1960”, lançado pela editora Steidl, a livraria do hotel Royal Monceau – Raffles Paris apresenta até 20 de janeiro uma seleção das obras mais emblemáticas de Blumenfeld, considerado um dos maiores fotógrafos do século XX e precursor de cores deslumbrantes na fotografia. Para estudar a degradação das cores mais de 700 planos-metragens foram montados a partir dos arquivos do fotógrafo. Então cem cópias foram feitas para recriar as cores originais num processo que levou  quatro anos. O resultado é espetacular!

Posted in Parisiando | Tagged , , , , | Comentários desativados em Erwin Blumenfeld

Hotel solidário

De 06 à 24 de dezembro, entre às 17h e 21h30, o Hotel Jules & Jim, em Paris, faz o seu mercado de Natal, instalando em suas galerias mini-chalés para a venda de produtos de alta qualidade. No programa, ursos de pelúcia, chocolates e caramelos da maison Jacques Genin, velas decorativas Francis Kurkdjian, vinhos Grand Cru Saint-Emilion do Château Faurie de Souchard, camisetas Jules & Jim, assinadas “Naissance des Champions”, livro com imagens do fotógrafo François Rousseau, além de sorteio de 25 prêmios oferecidos pelas marcas já mencionadas e outras, como Moët et Chandon, Supra, Kusmi Chá, Molton Brown. Todos os lucros serão doados para o Mécénat Chirurgie Cardiaque Enfants du Monde que permite que 20 crianças, que sofrem de doença cardíaca congênita e não podem ser tratados em seu país de origem, possam ser operadas mensalmente. Sem dúvida, uma ação de Natal com um coração enorme. Mercado de Natal no Hotel Jules & Jim: 11, rue des Gravilliers, Paris 03.

 

 

 

 

Posted in Parisiando | Tagged , , , , | Comentários desativados em Hotel solidário

Suítes Campana

Como não poderia deixar de ser, o histórico hotel Lutetia, situado em Saint-Germain-des-Prés, continua renovando sua imagem centenária e neste ano escolheu os Irmãos Campana para decorar uma suíte homônima. Os designers brasileiros apostaram num estilo clássico e contemporâneo com acessórios em tons de marrons e verdes para criar uma atmosfera tropical acolhedora. O mobiliário foi totalmente customizado para se integrar à criação dos artistas que investiram numa proposta inusitada. O resultado final é elegante com um toque de brasilidade. www.lutetia.concorde-hotels.fr

Posted in Parisiando | Tagged , , , , , , | Comentários desativados em Suítes Campana

Bar Sube

Depois do silêncio invernal de abril e maio – considerada baixa estação – Le Bar du Sube inflama a área do porto de St. Tropez com uma cena animada e popular tendo como participantes turistas de todos os horizontes e os habitantes locais. Situado no segundo andar de um dos mais antigos prédios comerciais do porto, o bar faz parte de um hotel, não tão chique, mas que atrai viajantes que batem ponto para provar suas tapenades de azeitonas.

O local, que também abriga um hotel, é decorado com mobiliário de madeira escura, sofás ornamentados num estilo de bistrô-retrô com um ar bem aconchegante e mesas dispostas numa pequena varanda de frente para o mar. O ambiente tem algo de decoração de navio pirata e câmera totting. Para os casais que procuram assistir ao pôr do sol, a cena pode ser bem melhor apreciada durante os meses que encerram os agitos do verão na Riviera, onde tudo o mais na cidade ou está fechado ou vazio. 15, Quai Suffren, 83990 – Saint-Tropez.

Posted in Frescurites, Viajar | Tagged , , , | Comentários desativados em Bar Sube

Paraíso perfeito

O Hotel Spa Les Sources de Caudalie, situado em meio a um vinhedo próximo a Bordeaux, convidou o estilista belga Martin Margiela para decorar sua suíte “L’Ile aux Oiseaux” ou literalmente Ilha dos Pássaros. Como não poderia deixar de ser, Margiela usou e abusou das cores branca, cinza e preta, do teto ao chão, criando seus famosos tromp l’oeilcom efeitos de espelhos.

Seu clássico e já conhecido minimalismo permitiu apenas que uma única peça colorida entrasse na suíte, a enorme poltrona vermelha em formato de lábios do Studio 65. Os hóspedes que optam por essa suíte recebem um lindo presente-surpresa, especialmente enviado pela Maison Martin Margiela. O lugar com ares de paraíso, é perfeito para um final de semana romântico ou para repor as energias. www.sources-caudalie.com

 

Posted in Frescurites, Viajar | Tagged , , , , , | Comentários desativados em Paraíso perfeito

Bar à gelo

Saint-Tropez oferece uma nova safra de bares modernos e sofisticados como o Ice KUBE by Grey Goose, bar à gelo do KUBE Hotel Saint-Tropez. Com uma decoração inusitada que remete a uma destilaria em meio a um ambiente ultra-gelado e conservado à -10°C, o Ice KUBE ocupa um espaço de 70 m², composto de 25 toneladas de gelo à base de água de Gensac, ingrediente essencial na fabricação da vodka  Grey Goose.

A experiência de entrar nesse verdadeiro alambique de 4,5 metros de comprimento por 2 m de altura totalmente esculpido no gelo é indescritível, para suportar as baixas temperaturas os visitantes recebem um casaco ultra-quentinhoe depois de algumas degustar de vários coquetéis servidos literalmente in the rocks tudo fica mais agradável!

O Ice KUBE by Grey Goose com seu design originalmente cúbico e mobiliário de gelo, mistura cubos geométricos, envolvidos em falsas fourrures e plumas. Para receber o verão europeu comme il faut, esse ano o bar à gelo colocou em cena a vodka francesa super premium Grey Goose para criar drinques sofisticados que elevam a temperatura às alturas ao som do DJ residente. KUBE Hotel – Route de Saint-Tropez – Commune de Gassin – 83580 – França. Telefone: +33 494 972 000.

Posted in Moda & Modos | Tagged , , , , | Comentários desativados em Bar à gelo

Suite Paul&Joe

Sophie Albou, estilista da grife Paul & Joe, decorou uma das suítes do hotel-spa Les Étangs de Corot nos domínios de Maria Antonieta, próximo a Versalhes. A arquitetura bucólica de casa de veraneio com sua atmosfera romântica impregnou Albou, que privilegiou uma palheta de cores naturais em tons pastel e papéis de parede clarinhos, com desenhos de peixes e bonecas que lembram os mangás japoneses. Toda em patchwork, a cabeceira da cama da suíte Paul & Joe, se harmoniza com as cortinas coloridas que dão ares poéticos ao ambiente. Para dar um toque mais pop no décor, fotografias de Terry Richardson e Patrick Demarchelier decoram as paredes. Essa suíte luminosa com ambiente bucólico é a pedida perfeita para um weekend campestre onde a surpresa fica por conta de um terraço privê com vista para o grande lago que cerca o hotel. Les Étangs de Corot: 55, rue de Versailles – 92410 Ville d’Avray, França.

Posted in Frescurites, Viajar | Tagged , , , | Comentários desativados em Suite Paul&Joe

Hospedagem no deserto

Matali Crasset se inspirou na cultura local da Tunísia para dar um toque original e inconfundível à arquitetura na cor ocre do Dar Hi Hotel. A apenas 15 minutos do aeroporto de Tozeur, Nafta é um portal para o sul, situado no deserto da Tunísia, entre Chott El-Jerid e uma infinidade de dunas de areia, é nesse cenário de sonhos que o hotel Dar Hi foi imaginado e concebido como uma cidadela.

Neste resort as paredes são feitas de tijolos de argila na cor ocre, respeitando a cultura local, idem para os telhados e portas em madeira de palma. A pintura foi substituída por um gesso natural que serve de revestimento, feito à base de corantes naturais em cores vivas, como o laranja e o azul celeste. A construção do hotel, totalmente em harmonia com a natureza, funciona tal qual um habitat tradicional, da decoração em móveis de madeira maciça ao aquecimento feito com lareiras. O hamman do hotel, batizado de HI body and soul, é abastecido por uma nascente natural de água quente proveniente do deserto, que oferece aquecimento geotérmico para a sala à vapor oriental.

Utilizando o savoir-faire local em todos os detalhes, a designer francesa trabalhou em estreita cooperação com os artesãos da Tunísia para transformar os espaços do Dar Hi em nichos suspensos com enormes janelas, decoradas por almofadas coloridas, que dão a impressão de fazer parte da paisagem. Deste ponto de vista privilegiado, é possível observar, na linha do horizonte, a cidade histórica de Nafta e os oásis.

Posted in Frescurites, Viajar | Tagged , , , , , , | Comentários desativados em Hospedagem no deserto

Vik Muniz no Lutetia

O brasileiro Vik Muniz, o americano Elliot Erwitt, o japonês Keichii Tahara e o europeu Mimmo Jodice receberam carta branca para exprimir toda a sua arte nas suítes batizadas de Rotondes. Durante um ano cada uma dessas quatro suítes vai  se tornar uma espécie de galeria fine art privada com imagens cedidas pela Maison Européenne de la Photographie que evocam o perfil eclético desses artistas.

Esse emblemático hotel rive gauche, verdadeiro patrimônio francês, celebrou o seu centenário sublimando esses quatro quartos, sem contudo, abandonar. A representação da América do Sul coube à Vik Muniz, um hóspede fiel do Lutetia, que selecionou as imagens a serem expostas na suíte que leva seu nome. Entre as obras escolhidas por Muniz, consta o quadro com a imagem de Brigitte Bardot pontilhada em diamantes, da célebre série “Diamond Divas”, onde o contorno do rosto da famosa francesa foi recoberto com quase meio quilo de diamantes. Tem ainda Marilyn Monroe decalcada em chocolate e a Mona Lisa, de Leonardo da Vinci, com sua efígie reproduzida com peças de quebra-cabeça.

Todavia, dentre todas essas obras, a mais impressionante continua sendo o próprio hotel Lutetia, que atravessou várias décadas, com seu clássico estilo dos anos 1930 e sua soberba arquitetura que evidencia o mais puro estilo Art Déco para deleite dos parisienses e para todos os visitantes da Cidade-Luz. Hotel Lutetia: 45, Boulevard Raspail, Paris 07. www.lutetiaparis.com

Posted in Frescurites, Viajar | Tagged , , , , , , | Comentários desativados em Vik Muniz no Lutetia