Tag Archives: Haute Couture

Maison Margiela

Nos desfiles da Maison Martin Margiela os modelos não se mostram por completo, ou estão com perucas, que cobrem parte do rosto, ou com faixas  e acessórios que escondem os olhos. Suas butiques não têm vitrine e, uma vez dentro de uma delas, a disposição das peças parece fazer parte de uma instalação com araras distribuídas no meio do salão e roupas expostas como num museu. Essa estética minimalista é a mesma que é utilizda em seus desfiles, onde o branco e o vazio ditam a decoração desses espaços efêmeros.

A Maison Martin Margiela cria todas as suas coleções à exceção de seu trabalho com peças artesanais masculinas e femininas, que são produzidas em colaboração com uma empresa terceirizada. Seus desfiles e coleções “artesanais” nunca desmentiram o talento e o anticonformismo dessa maison, que acaba de ser contemplada com a apelação de “haute couture” concedida pela Comissão de Classificação Couture que se reuniu no Ministério da Indústria, em Paris. O anúncio foi feito pela Federação Francesa de Couture, que frisou que é a Masion Martin Margiela e não o estilista que recebe essa nominação. Apesar de sabermos que, memso indiretamente, foi o belga Martin Margiela, criador por excelência e considerado o verdadeiro pai do “work in progress” da alta costura, o grande homenageado com essa apelação de alto nível.

Posted in Moda & Modos | Tagged , , | Comentários desativados em Maison Margiela

Fashion Week Vintage

O vintage de luxo vai ser uma das atrações do Hotel do Louvre durante a semana de moda de Paris. Durante dois dias, 25 e 26 de setembro, Les Collections Vintage coloca em evidência uma dúzia de modelos de de roupas femininas e acessórios do século XX. Um evento, organizado por Elodie Froc Lusson, fundadora da loja on-line de luxo de moda vintage by Solange, que inclui colecionadores e amantes de história da moda.

Elodie Froc Lusson tem ambições culturais para o Les Collections Vintage. “Esperamos que ele  se torne um compromisso com a história da moda. A ideia é torná-lo trimestral nas futuras edições, para tanto, almejamos ter mais expositores e também mesas redondas e conferências sobre o tema. A próxima edição, ainda sem data definida, está sendo planejada tendo como foco organizar desfiles de alta costura vintage.

Hôtel du Louvre – Place André Malraux, Paris 01.
Metrô: Palais Royal – Musée du Louvre
Horário: 10h00 às 21h00
Entrada: 10 euros

 

Posted in Moda & Modos | Tagged , , , , | Comentários desativados em Fashion Week Vintage

Vênus chinesa

A estilista Yiqing Yin nos encantou durante o desfile de sua coleção haute-couture outono-inverno 2013 e mostrou aos críticos de moda que a China é muito mais que um país populoso. Yin parece ter nascido com a benção dos astros, apesar de sua infância e adolescência caótica, entre a China, a Austrália e a França. Depois de tantos deslocamentos ela decidiu instalar seu micro estúdio em Paris.

O estilo criativo de Yiqing Yin flerta com o erótico-poético carregado de um simbólico mistério que, sob o mote de revelar e ocultar, se fazem presentes em forma de detalhes, tecidos e alinhamentos inusitados. Esse jogo de mostrar e esconder pode ser observado entre as cascatas de tules, organzas, sedas, que fazem apelo a uma certa sensibilidade feminina paradoxal.

Formada pela École Nationale des Arts Décoratifs, em Paris, premiada no concurso de moda de Hyères em 2010 e uma das vencedoras do Grande Prêmio da Criação da Cidade de Paris de 2011, Yiqing Yin domina com maestria as apuradas técnicas de drapeado e plissados, que formam ondas abstratas e conferem aos seus vestidos ares etéreos.

Sua própria beleza – ela foi manequim – tem uma sensibilidade exacerbada: magra, alta, longos cabelos, rosto acentuado pelos olhos repuxados e pele clara, que imprimem uma aparência delicada, revelam, na verdade, uma personalidade forte e complexa. www.yiqingyin.com

Posted in Moda & Modos | Tagged , , , | Comentários desativados em Vênus chinesa

Basil Soda

Era noite quando o desfile começou num liceu no bairro de Saint-Germain-des-Prés. Correria para encontrar o lugar antes que as luzes sejam apagadas. A música começa a ecoar e o vendaval de tecidos envolventes, sedas, musselinas e rendas circulam suave e calmamente pela longa passarela. As modelos macérrimas comme il faut parecem angelicais envolvidas até os pés em longos amarelos, brancos e pérolas.

Esse é o desfile Haute-Couture Primavera-Verão 2013 de Basil Soda. O estilista libanês colocou em evidência microscópicos cristais cinzentos, adornos e pequenas pérolas douradas para decorar os vestidos. Estas delicadas camadas revelam uma construção molecular complicada na rica tradição da Alta-Costura. O trabalho é de uma riqueza ímpar e demanda muita habilidade. Um tecido de seda sem adornos funciona como uma camada exterior que é cuidadosamente costurada revelando a parte interior dos vestidos. No final o  resultado é como se fosse o brodado tivesse sido feito sobre a própria pele.

Posted in Moda & Modos | Tagged , , , , | Leave a comment