Distâncias diferentes

Quadros enormes com fotografias que parecem pinturas surrealistas enfeitam as paredes de uma sala vazia. Na tela, mulheres com cabelos ou lenços que encobrem seus rostos são a figura central num mundo pictural específico cheio de imagens fortes mas carregadas de sutilezas femininas.

Denise Grünstein, Julia Hetta, Martina Hoogland Ivanow, Julia Peirone e Elisabeth Toll fazem parte dessa nova geração de fotógrafos de moda sueca em evidência na exposição “Distâncias diferentes”, em cartaz até 27 de janeiro, apresentada no Instituto Sueco, em Paris. A mostra tem imagens captadas por esses jovens fotógrafos que com se trabalho internacional exposto em revistas e galerias de arte, ultrapassaram as fronteiras continentais para explorar outros limites estéticos.

Todos jovens de personalidades fortes, esses fotógrafos dominaram a cena colocandoem enidência a diferença entre o íntimo e o remoto, como um contraponto interessante entre a fotografia de moda e a fotografia artística. O que mais chama a atenção nesses trabalhos é que eles tiveram como fonte de inspiração a história da arte e suas próprias experiências pessoais. O resultado  não poderia ser mais enfeitiçador.

Instituto Sueco – 11, rue Payenne, Paris 03. Entrada gratuita, de terça-feira à domingo, das 12h às 18h. 

About Marilane Borges

Eu amo a França e nutro desde sempre uma paixão por Paris, onde decidi viver por minha própria conta, talento e risco. Deu certo e continuo feliz com minhas escolhas. O Mademoiselle Borges é uma das janelas da minha alma de onde vislumbro beleza, talentos e pessoas interessantes. Deleite-se!