Como num filme

Cannes é uma loucura. Você pensa que viu todo mundo e no final você não viu ninguém porque tudo é muito rápido. É como se fosse um vídeo clip do déjà vu. Um lapso de segundos e a fotografia foi tirada. O artista já passou e a sequência continua quase ad infinitum.

Celebridades que sobem e descem as escadas forradas com tapete escarlate, param, posam, sorriem e se apressam a alcançar seus lugares, abrindo espaço involuntariamente em meio a um batalhão de fotógrafos aglomerados, cada um gritando mais alto que outro. Não somente para conseguir o melhor ângulo fotográfico mas porque na posição em que eles ficam é preciso enfrentar uma verdadeira guerra de cotovelos. Posso afirmar categoricamente que as imagens que aparecem na sua tela são mais belas que as vistas a olho nu, onde a realidade nem sempre imita a ficção. Aqui tudo é superlativo, inclusive, o tempo. Mas no que é essencial, Cannes permanece sendo Cannes, a cidade do glamour.

About Marilane Borges

Eu amo a França e nutro desde sempre uma paixão por Paris, onde decidi viver por minha própria conta, talento e risco. Deu certo e continuo feliz com minhas escolhas. O Mademoiselle Borges é uma das janelas da minha alma de onde vislumbro beleza, talentos e pessoas interessantes. Deleite-se!