Picasso ceramista

“Picasso ceramista e o Mediterrâneo” é o nome da exposição que a Cidade da Cerâmica de Sèvres apresenta até maio de 2014. Do encontro de Picasso com o casal Suzanne e Georges Rame, em Vallauris, sul daFrança, Picasso produzirá entre 1946-1971, logo após a guerra, cerca de 4.000 obras.  Nas oficinas Madura, uma equipe de artesãos dá vida à formas antropomorfas produzindo cerca de 600 criações originais feitas de acordo com dois princípios: reproduções idênticas feitas pelos artesãos da oficina, sendo que algumas cópias feitas à mão. E, outras peças, em maiores quantidades.

A oficina Madura fechou suas portas em 2008, mas Alain Rami, filho de Suzanne, confiou à Cidade da Cerâmica de Sèvres todas as matrizes de cerâmica, moldes e técnicas utilizadas no projeto deste corpus. Para esta exposição, mais de 150 trabalhos são apresentados, incluindo, alguns inéditos, que vieram de coleções públicas e privadas. Esta retrospectiva de Picasso e relembra a forte ligação entre o artista e o Mediterrâneo com suas formas e cores, que oferecem uma visão única da criação do artista.

www.sevresciteceramique.fr

Posted in Visitar | Tagged , , , , | Comentários desativados em Picasso ceramista

Fashion England

Não foi Kate Mindleton quem criou esse fascínio que os ingleses tem pela moda. Ainda no século 16 e 17 a nação britância já se interessava pelo assunto e essas evidências estão particularmente em destaque na exposição “In Fine Style: The Art of Tudor and Stuart Fashion”, apresentada na Queen’s Gallery no Palácio de Buckingham.

Esta seleção feita nas coleções reais refletem o esplendor da corte das famílias Tudor e Stuart como uma verdadeira acumulação real de sangue azul. Nela há imagens suntosas de Anne da Dinamarca, da grande Elizabeth, Charles II e Mary de Modena mas também retratos de burgueses enriquecidos como este menininho empacotado em seu casaco e segurando um brinquedo.

Os materiais refinados como rendas, tafetás e tecidos bordados em ouro foram cuidadosamente reproduzidos pelos jovens pintores da época, como Rembrandt, Van Dyck e Peter Lely, entre outros. Em cartaz até 06 de outubro na Queen’s Gallery, em Londres.

Posted in Visitar | Tagged , , , , | Comentários desativados em Fashion England

Courbet e a natureza

“A beleza está na natureza, em suas mais diversas formas. Logo, ela pertence à arte, ou melhor, ao artista que sabe vê-la”, dizia o pintor Gustave Courbet. Para homenagear esse mestre francês do Realismo, a Biennale d’Art Contemporain du Perche, que acontece de 29 de junho à 14 de julho de 2013, apresenta uma exposição excepcional das obras de Courbet. Como parte do Ano do impressionismo na Normandia, o destaque desta exposição de Gustave Courbet são mais de 40 obras de um museu do Japão. Pinturas, desenhos, gravuras e fotografias contemporâneas serão expostas com um roteiro indicando os lugares da região, onde o artista costuma visitar para buscar inspiração para suas telas.

Na Primavera de 1841, com apenas 22 anos, Gustave Courbet descobriu, durante uma breve estada na Normandia, a dimensão de uma natureza encantadora e com entusiasmo  afirmou: “DE fato, eu sou um aluno da natureza. Portanto, só tenho a mim mesmo para dominar…” É com essa admiração que as obras mais emblemáticas desse artista de forte personalidade que estarão sendo apresentadas no Carré du Perche, em Mortagne-au-Perche. Seus quadros são um convite à reflexão e, tal qual um apelo, acenam para uma natureza fulgurante que Courbet soube pincelar em tons intensos.

Posted in Visitar | Tagged , , | Comentários desativados em Courbet e a natureza

Correr é preciso

Neste final de semana acontece a 37ª edição da Maratona de Paris e para injetar uma overdose de coragem aos corredores, sugiro essa série “Running” do fotógrafo Tabitha Soren. “Meu trabalho é sobre como as pessoas podem sobreviver ou não. É sobre decadência, sobre como a vida pode ser imprudente e como você tem que continuar, apesar de tudo. Exploro o como e o quê as pessoas podem escolher para manter-se acima das circunstâncias,” afirma o fotográfo.

Percorrendo várias cidades, da Califórnia à Boston, durante mais de dois anos, Soren se dispôs a clicar momentos autênticos que transmitem uma sensação de pânico e perigo iminente, impulsionado por uma narrativa ambígua. Uma série exclusiva dessas imagens encontra-se em exibição na Kopeikin Gallery, em Los Angeles. Ao observar essas imagens clicadas como se estivessem fora de ângulo a vontade que se tem é de sair correndo…

A exposição “Running” fica em cartaz de 13 de abril a 18 de maio na Kopeikin Gallery – 2766 South La Cienega Blvd, Los Angeles, California.

Posted in Frescurites, Visitar | Tagged , , , | Comentários desativados em Correr é preciso

In the Bowie

David Bowie estimulou a criatividade e a experimentação. De repente, sua estranheza lhe caía bem, aliás, ele instituiu o fato de ser e querer ser diferente como uma normalidade… Esse eterno camaleão está sendo homenageado no Victoria and Albert Museum, em Londres, até agosto, com uma mega-exposição que revela as mil e uma maneiras de ser e de se vestir à la David Bowie.

Será que ele vai defender sua reputação de enigmático ou colocar suas diferentes personas de lado? Será que vamos finalmente começar a ver o verdadeiro David Bowie desta vez? Esse ano de 2013 parece ser o da ressureição de Bowie, por isso, vamos apreciar essa oportunidade para conhecer a vida de um homem que quebrou todas as regras e redefiniu para sempre o conceito do rock and roll.A engenhosidade de David Bowie consiste na capacidade de se reinventar, foi isso que o transformou num ícone. Verdadeiro rock star, no sentido lato do termo, Bowie desafiou continuamente todas as convenções e derrubou as fronteiras entre moda e música.

Quando o uniforme rock’n’roll dos anos setenta consistia principalmente em vestir-se com calças jeans ou de couro, Bowie preferiu optar por uma peçade cetim de corpo inteiro para ilustrar a capa de seu álbum de estréia. Em 1971, ele passou alguns meses em Nova York, que na época tinha sido relegada por Londres, em termos de liberdade artística. Lá, ele se inspirou no Velvet Underground, nos pioneiros subestimados do glam rock e também passou um tempo com Andy Warhol e sua comitiva excêntrica na indulgente Factory.

A aparência andrógina de Bowie desafiou as normas tradicionais de gênero dos anos 70. A chegada de Bowie estimulou a criatividade e a experimentação com sua presença delicada e elegante, que quebrou o estereótipo do macho alfa do rock, transformando em desejável o fato de ser diferente. Por tudo isso, Bowie é a estrela que ele realmente merece ser.

Posted in Frescurites, Visitar | Tagged , , | Comentários desativados em In the Bowie

Só love, só love…

Famoso pela representação emblemática da palavra “LOVE”, o artista americano Robert Indiana, que nasceu em 1928, em New Castle, vai entrar em cartaz, em novembro, no Grand Palais, em Paris, que apresentará na galeria Sudoeste, suas principais criações. Incluíndo suas obras mais representativas do pós-guerra com peças que fazem referência à hard-edge à pop art.

Posted in Frescurites, Visitar | Tagged , , , , | Comentários desativados em Só love, só love…

Apaixonado pelo mar

Chris Goldblatt cresceu numa comunidade à beira-mar em Malibu, na  Califórnia, e sua vida e a da sua família sempre esteve profundamente ligada ao oceano. “A partir dos seis anos de idade, quando comecei a surfar, aprendi também a pescar, e nossas refeições eram colhidas diretamente no oceano. Isto resultou em uma conexão espiritual profunda com o mar que ficou comigo durante todos esses anos,” conta. “Em 2012, as áreas de pesca nativa foram fechadas e tornaram-se uma zona marinha protegida. Essa foi uma transição difícil, dolorosa, que me levou à conclusão de que podemos prservar e ajudar o oceano sem, contudo, fazer com que nós, seres humanos, soframos. Dessa observação tive a ideia de criar o Fish Reef Project para dar o exemplo para a nova geração,” relata Goldblatt.

Fish Reef Project é uma organização sem fins lucrativos, localizada em Santa Barbara, que tem como missão promover o desenvolvimento da vida oceânica, através da criação de novos recifes artificiais. “Planejamos construir recifes que imitam, muito de perto, a forma e a função dos recifes naturais”, confirma Chris Goldblatt. “Em apenas 18 meses os recifes depositados no fundo do mar estarão em plena atividade interagindo com o ecossistema, trabalhando para restaurar e melhorar todos os tipos de vida marinha, incluindo corais, peixes, fauna e flora aquáticas. “Quanto mais fundo conseguimos mergulhar, mais extensões de recifes podem ser implantadas, porque há menos lama no solo. Através da criação desses suportes específicos agilizamos a formação de plânctons, que atraem formas de vida maiores, como peixes, algas e corais.”

A necessidade de criação desses nichos artificiais surgiu quando os pesquisadores e biólogos marinhos perceberam que o fundo dos oceanos estava perdendo plânctons que é onde a vida marinha se inicia. Na ausência destes, os elementos indispensáveis para a reprodução morrem e os plânctons se transformam em detritos. “Estamos usando mecanismos próprios da natureza para permitir que o fundo do oceano volte a oferecer uma saudável vida marinha,” conclui. Para saber como colaborar e conhecer outros detalhes do Fish Reef Project acesse o site: www.fishreef.org

Posted in Visitar | Tagged , , | Comentários desativados em Apaixonado pelo mar

Paraty

Depois de Protofino, Pondichéry e Ilhas Marquise, os perfumes Dior fazem sua 4ª escala na baía encantada de Parati. Dá até para sentir o cheirinho de mato, mente e o frescor da brisa em cada gota dessa nova frangrância que transporta os sentidos para um dos lugares mais lindos do mundo.

Posted in Frescurites, Visitar | Tagged , , , | Comentários desativados em Paraty

Art nouveau

Jean Prouvé foi um arquiteto de múltiplos talentos, que participou ativamente da Escola de Nancy, na França, e se embriagou no clima da Art Nouveau para criar peças emblemáticas, tanto no mobiliário, quanto na moda, vide vestido de 1900 com apliques e decalques cheios de rebuscamentos artísticos. 

A Escola de Nancy homenageia o artista com uma retrospectiva batizada de “Jean Prouvé à Nancy” que ficará em cartaz até outubro. Imperdível. www.ecole-de-nancy-.com

Posted in Frescurites, Visitar | Tagged , , | Comentários desativados em Art nouveau

23ª Bienal da Cerâmica

Até 12 de novembro a Bienal Internacional da Cerâmica de Vallauris, na Côte d’Azur, vai celebrar os talentos mais surpreendentes que revisitam os limites da tecnologia para criar novos objetos em porcelana. Neste ano o país convidado é o Japão. Além das exposições, uma coleção de palestras, demonstrações e workshops estão abertas ao público. Uma das apresentações mais interessantes é proposta pelo japonês Shigekazu Nagae, especialista na arte de combinar cerâmica e origami. Todos esses eventos permitem que o público aprenda algumas das habilidades tradicionais e ancestrais daquele país colocando-as à serviço de formas e ideias contemporâneas.

Convidado de honra, o Japão tem dois momentos imperdíveis: a apresentação, no salão Eden, de sete artistas que trabalham exclusivamente a porcelana e a exposição monográfica dedicada à Shigeki Hayashi e suas figuras hiper-realistas, que estão à mostra no museu Magnelli. Na mesma instituição são apresentadas algumas peças dos 30 artistas selecionados em janeiro para participar da competição aberta a todos os cidadãos designers da União Européia.


 

Posted in Frescurites, Visitar | Tagged , , , | Comentários desativados em 23ª Bienal da Cerâmica