Só love, só love…

Famoso pela representação emblemática da palavra “LOVE”, o artista americano Robert Indiana, que nasceu em 1928, em New Castle, vai entrar em cartaz, em novembro, no Grand Palais, em Paris, que apresentará na galeria Sudoeste, suas principais criações. Incluíndo suas obras mais representativas do pós-guerra com peças que fazem referência à hard-edge à pop art.

Posted in Frescurites, Visitar | Tagged , , , , | Comentários desativados em Só love, só love…

Livros à gogô

Leitores e colecionadores de belos livros, catálogos de exposições, obras raras e originais, mantenham-se conectados, porque amanhã, 05 de outubro, à meia-noite, vai começar mais uma venda privada de livros da Réuninon des Musées Nationaux que regrupa todos os museus franceses. Até 21 de outubro os interessados em adquirir livros de arte por um preço realmente abaixo do aplicado nas livrarias, deve se conectar imperativamente neste site http://venteprivee.boutiquesdemusees.fr para escolher e comprar as publicações que estão em promoção.  Não vacilem porque a procura é acirrada.

Posted in Caprichos, Frescurites | Tagged , , , | Comentários desativados em Livros à gogô

Capri, c’est fini

Os italianos tem um life style próprio, isso ninguém pode contestar. Falam aos gritos como se todos estivessem em pé de guerra, são acolhedores, afetuosos, generosos e muito exuberantes em todos os sentidos. Quem ja esteve em Roma sabe do que estou falando… Mas Capri é, por excelência, o quintal de ricos e famosos, que adoram a exuberância do dolce farniente e se torram literalmente ao sol num verão que parece interminável.

Um dos meus amigos que é italiano me explicou sabiamente que estar e aparecer super bronzeado é quase um passaporte para acessar o grand monde. Diante da ênfase com a qual ele me explicou o contexto do bronzeado na sociedade italiana, entendi por que o estilista Valentino está sempre com seu eterno e reluzente bronzeado em dia.

O livro In the spirit of Capri, de Pamela Fiori, mostra exatamente esse contexto de bronzeado permanente e alegria perene que os italianos tem. Além, claro, do orgulho quase ufanista de viverem o Mediterrâneo de uma maneira única!  As fotografias não negam em nada o estilo inequívoco dessa ilha maravilhosa, que atrai tanto celebridades quanto anônimos.

Posted in Frescurites, Viajar | Tagged , , , | Comentários desativados em Capri, c’est fini

Paraty

Depois de Protofino, Pondichéry e Ilhas Marquise, os perfumes Dior fazem sua 4ª escala na baía encantada de Parati. Dá até para sentir o cheirinho de mato, mente e o frescor da brisa em cada gota dessa nova frangrância que transporta os sentidos para um dos lugares mais lindos do mundo.

Posted in Frescurites, Visitar | Tagged , , , | Comentários desativados em Paraty

Art nouveau

Jean Prouvé foi um arquiteto de múltiplos talentos, que participou ativamente da Escola de Nancy, na França, e se embriagou no clima da Art Nouveau para criar peças emblemáticas, tanto no mobiliário, quanto na moda, vide vestido de 1900 com apliques e decalques cheios de rebuscamentos artísticos. 

A Escola de Nancy homenageia o artista com uma retrospectiva batizada de “Jean Prouvé à Nancy” que ficará em cartaz até outubro. Imperdível. www.ecole-de-nancy-.com

Posted in Frescurites, Visitar | Tagged , , | Comentários desativados em Art nouveau

De frente para o oceano

A brisa é suave e constante em Punta del Leste, onde está situado o Playa Vik José Ignacio,  magnífico resort repleto de obras de arte, design, arquitetura e o mais novo point das celebridades que sonham com sossego. O hotel reúne o que há de melhor em hospedagem, agregando luxo, requinte e sobriedade na decoração, que tem móveis assinados por nomes como Zaha Hadid, Anselm Kiefer, Martin Verges, James Turrell, entre outros.

Com projeto do arquiteto Carlos Ott, o Playa Vik José Ignacio possui dois pavilhões nos domínios da praia Mansa: o “Las casas” com telhados de jardins floridos, abrigam seis suítes de luxo com mobiliário sob medida e enormes portas de vidro que dão sobre a baía. Para o pavilhão principal de 55 metros de altura, batizado de “The Sculpture”, o arquiteto uruguaio ousou ao criar um prédio com inclinação vanguardista, que abriga quatro suítes decoradas por artistas internacionais.

As fachadas, completamente transparentes, resguardam com atenção a privacidade dos hóspedes, mesmo que estes apareçam em perspectiva como parte da paisagem ao longo da costa. No térreo, encontra-se o lobby, uma grande sala, uma biblioteca, um restaurante com uma mesa coletiva aberta para o terraço e a vedete deste projeto: a piscina suspensa em granito escuro, que parece debruçar-se sobre o oceano. Em todos os recantos do Playa Vik José Ignacio, há esculturas de grandes mestres contemporâneos e livros de arte, que traduzem com elegância o perfil desse luxuoso hotel que inspira beleza.

Posted in Frescurites, Viajar | Tagged , , , | Comentários desativados em De frente para o oceano

23ª Bienal da Cerâmica

Até 12 de novembro a Bienal Internacional da Cerâmica de Vallauris, na Côte d’Azur, vai celebrar os talentos mais surpreendentes que revisitam os limites da tecnologia para criar novos objetos em porcelana. Neste ano o país convidado é o Japão. Além das exposições, uma coleção de palestras, demonstrações e workshops estão abertas ao público. Uma das apresentações mais interessantes é proposta pelo japonês Shigekazu Nagae, especialista na arte de combinar cerâmica e origami. Todos esses eventos permitem que o público aprenda algumas das habilidades tradicionais e ancestrais daquele país colocando-as à serviço de formas e ideias contemporâneas.

Convidado de honra, o Japão tem dois momentos imperdíveis: a apresentação, no salão Eden, de sete artistas que trabalham exclusivamente a porcelana e a exposição monográfica dedicada à Shigeki Hayashi e suas figuras hiper-realistas, que estão à mostra no museu Magnelli. Na mesma instituição são apresentadas algumas peças dos 30 artistas selecionados em janeiro para participar da competição aberta a todos os cidadãos designers da União Européia.


 

Posted in Frescurites, Visitar | Tagged , , , | Comentários desativados em 23ª Bienal da Cerâmica

Generosidade artística

Yvon Lambert, um dos maiores galeristas da França, confirmou a doação de sua coleção compilada ao longo de 50 anos para o Estado. A Christie’s avaliou esse patrimônio artístico, que abrange cerca de 600 obras, em quase 100 milhões de euros. Lambert tinha decidido doar para o Estado sua coleção quando no ano passado o Presidente da República visitou o museu, instalado num hotel particular, o Caumont, no sul da França. Desde então, a cidade de Avignon e o Ministério da Cultura assinaram compromissos financeiros para a expansão do museu e se comprometeram em duplicar os espaços de  exposição. A doação pública será assinada ainda neste verão europeu e a agenda de eventos promete mostrar grande parte desse acervo singular.

A Coleção Lambert possui um número expressivo de artistas contemporâneos, incluindo Sol LeWitt, Twombly Cy, Miquel Barceló, Gordon Douglas, Horn Roni, Weiner Lawrence, Vik Muniz, e continua expandindo suas parcerias com instituições culturais para desenvolver uma política cultural especialmente visando os artistas jovens. No início deste ano o brasileiro Vik Muniz expôs no museu e criou uma obra in situ para a Coleção Lambert. Trata-se do “Semeador” de Van Gogh, que Muniz compôs com flores secas e aromáticas.

Posted in Frescurites, Visitar | Tagged , , , , , | Comentários desativados em Generosidade artística

Bar Sube

Depois do silêncio invernal de abril e maio – considerada baixa estação – Le Bar du Sube inflama a área do porto de St. Tropez com uma cena animada e popular tendo como participantes turistas de todos os horizontes e os habitantes locais. Situado no segundo andar de um dos mais antigos prédios comerciais do porto, o bar faz parte de um hotel, não tão chique, mas que atrai viajantes que batem ponto para provar suas tapenades de azeitonas.

O local, que também abriga um hotel, é decorado com mobiliário de madeira escura, sofás ornamentados num estilo de bistrô-retrô com um ar bem aconchegante e mesas dispostas numa pequena varanda de frente para o mar. O ambiente tem algo de decoração de navio pirata e câmera totting. Para os casais que procuram assistir ao pôr do sol, a cena pode ser bem melhor apreciada durante os meses que encerram os agitos do verão na Riviera, onde tudo o mais na cidade ou está fechado ou vazio. 15, Quai Suffren, 83990 – Saint-Tropez.

Posted in Frescurites, Viajar | Tagged , , , | Comentários desativados em Bar Sube

Joana francesa

A artista portuguesa Joana Vasconcelos não se fez de rogada e invadiu o Castelo de Versalhes com cores, música e muita feminilidade. Tal qual uma rainha consciente de seu poder, Joana assumiu os aposentos reais como se fossem a sua própria casa e instalou suas obras gigantescas evocando as mulheres que habitaram Versalhes, dentre as quais, Maria Antonieta. “Minha intenção com essa exposição é render homenagem às mulheres que viveram aqui e que participaram de momentos decisivos na história da França. Colocar em evidência a importância do feminino nesse lugar de representação da realeza, foi uma das minhas inspirações desde o princípio,” confessa a artista de 41 anos.

Numa das  salas, a que abriga dois corações, um preto  e outro vermelho, o visitante aprecia essa obra ao som de uma música romântica. “Nada mais adequado que o fado para traduzir o verdadeiro sentido de uma paixão”, afirma a artista. Em outra sala, um helicóptero inteiramente decorado com plumas cor de rosa chama a atenção. “Esse seria o transporte dos habitantes do castelo nos dias atuais, algo como a versão moderna da carruagem”, comenta. Sobre a decoração extravagante, Joana explica que é porque essa máquina parece com um pássaro, por isso, escolheu metamorfoseá-la com plumas.

Na Galeria das Batalhas,  a artista que veio especialmente de Lisboa para a abertura oficial de sua exposição, observa admirada as três Valquírias gigantescas, que representam deusas guerreiras. Essas fabulosas peças serpenteiam as salas reais com suas curvas feitas de tecidos em cores brilhantes, executados e fabricados em Portugal, que acumulam jogos americanos bordados numa trama extravagante e complicada, cortinas, guirlandas de flores e muitos outros retalhos para compor essa obra suspensas no teto por cabos de tensão calculados por engenheiros.

Joana comenta que eles, assim como as bordadeiras e costureiras, que fornecem tecidos feitos de acordo com as tradições portuguesas, compõem sua equipe de trabalho. “Sem eles, essa exposição seria inviável”, agradece a artista que coordena em seu ateliê mais 100 colaboradores.

Poliglota, articulada, feminista e insolente, Joana Vasconcelos é uma das jovens artistas mais em voga de Portugal e sua notoriedade aumenta à medida que suas obras se tornam pôlemicas. Uma de suas peças, intitulada “Noiva”, um lustre composto de vários absorventes íntimos, foi interditada para apresentação em Versalhes. Quando questionada sobre essa recusa, a artista minimizou: “As polêmicas sempre fazem parte das grandes exposições. Mas o artista deve respeitar a história do local em que expõe e Versalhes é um espaço estético carregado de tradições…” Ironia à parte, Joana era toda sorrisos e alto-astral, afinal, esse não era o assunto mais importante no dia da abertura oficial da exposição mas, sobretudo, sua posição privilegida como artista contemporânea e como a primeira mulher a expor no castelo do Rei Sol.

www.chateauversailles.fr

Posted in Frescurites, Visitar | Tagged , , , , | Comentários desativados em Joana francesa