Design vintage

R/Gallery é uma colecionadora de sucessos, sobretudo, porque ao longo dos anos tem promovido o lifestyle brasileiro na terra do Tio Sam. Embalada pelos maiores expoentes do design internacional e brasileiro, com nomes como Joaquim Tenreiro, Hugo França e Sergio Rodrigues, a galeria é especializada em apresentar ao público relíquias e peças únicas. Situada no charmoso bairro novaiorquino de Tribeca, R/Gallery tornou-se nessa última década uma espécie de centro do patrimônio nacional brasileiro preservado fora do país.

 www.r20thcentury.com

Posted in Design | Tagged , , , , , | Comentários desativados em Design vintage

Delicatessen

Que tal degustar um waffle com o monograma da Louis Vuitton? O artista norte-americano Andrew Lewicki criou um protótipo de torradeira  com o relevo e o logotipo LV gravado em ferro propício para a transferência do monograma. Mais uma opção de ter sua grife preferida na forma de uma delícia quentinha…

www.andrewlewicki.com

Posted in Design | Tagged , , , | Comentários desativados em Delicatessen

Escultor de peixes

Pieter Vanden Daele confessa sua paixão pelas carpas, um dos seus peixes favoritos. Além do interesse pela escultura e pelo mundo das águas, seus muitos amigos pescadores fizeram com que Vanden Daele, 41 anos, mudasse de profissão para se dedicar ao mundo submarino onde ele mergulha, literalmente, para esculpir sinuosas carpas que são verdadeiras obras de arte. É em Oudenaarde, uma pequena cidade situada na região dos Flandres, nas margens do rio Escaut, onde o artista nasceu e vive,  que ele instalou seu atelier para se dedicar a interpretar a natureza dos peixes através de esculturas em pátina e bronze, que parecem tão vivazes quanto se estivessem em seu habitat natural.

Esse fascínio pela fauna marinha levou o artista a investir vários anos em escultura se iniciando à arte da fundição, do moulage, do polimento e da pátina para, em 2003, reunir essas duas paixões e começar a esculpir seus incríveis peixes. Suas criações se assemelham as realizações da época Meiji, que os japoneses tanto apreciam, mas com um certo toque de modernidade. O artista utiliza vários materiais  orgânicos encontrados na natureza, como madeira, folhas, pétalas para realizar seus modelos que servem em seguida para confeccionar as estruturas de seus peixes.

O domínio das técnicas o tornou mundialmente conhecido como escultor de peixes e suas obras são regularmente expostas nas galerias de arte de Bruxelas, Paris, Holanda ou Londres. Todas as esculturas de Pieter Vanden Daele são editadas em apenas oito exemplares com preços que podem variar entre 500 Euros para as esculturas de pequenos peixes e 7 800 Euros para as mais robustas como Edmond e Titus que, de tão realistas, parecem mergulhar ao serem observadas. www.pietervandendaele.eu

Posted in Design | Tagged , , , | Comentários desativados em Escultor de peixes

Festa no mar

Para festejar Carlo Riva, o homem que reinventou a arte de navegar com elegância, o Yacht Club de Monte Carlo acolheu com pompas e circunstâncias o Riva Trophy 2012, que contou com a participação de toda a família do estaleiro italiano para celebrar um triplo aniversário: os 170 anos do estaleiro Riva, o 50º aniversário da Aquarama e os 90 anos de Carlo Riva. O Yacht Club de Mônaco organizou à rigor uma variedade de atividades que tornaram esses dias inesquecíveis. Até mesmo o Príncipe de Mônaco veio honrar Carlo Riva e abraçá-lo pessoalmente.

A lenda dos barcos Riva nasceu da vontade de um homem com uma energia incomum: Pietro Riva, que transformou o pequeno estaleiro da família, em Sarnico, num verdadeiro mito com sua gama de barcos esculpidos em mogno envernizado. Linhas elegantes, coque em madeira acaju e motor potente, os barcos Riva são uma das representações da seletiva família do luxo italiano que se tornaram objeto do desejo.

Uma das últimas três mil cópias em madeira avermelhada e reluzente deixou há quarenta anos os estaleiros de Sarnico. Todos os outros, mais de quatro mil exemplares, distribuídos pelo mundo, ainda estão em circulação e recebem manutenção aonde quer que estejam ancorados. A emoção do seu criador ao falar dos iates Riva, durante as festas comemorativas, confirma a importância desse produto único, desenvolvido com paixão ao longo de anos de intenso trabalho e dedicação exclusivas. “Dinheiro sempre foi secundário, a minha prioridade era conseguir realizar belas coisas”, confessa Carlo Riva.

O protótipo do bimotor Aquarama foi lançado durante o verão de 1962. Sua irresistível ascensão, como símbolo do luxo italiano em sua forma mais pura, sempre foi um dos pontos altos desse ambicioso projeto de Carlo Riva. Raramente um objeto desenvolvido pela engenharia mecânica conseguiria se associar à imagem do jet-set internacional, todavia, Aquarama conseguiu esse feito e seduziu várias estrelas de cinema além da monarquia. Depois que Ingrid Bergman, Brigitte Bardot e, mais recentemente, George Clooney, além dos membros da família real, descobriram o prazer de velejar com elegância, a imagem e a reputação do Aquarama ficaram irremediavelmente ligadas ao glamour.

 

 

Posted in Design | Tagged , , , , | Comentários desativados em Festa no mar

Iluminadas

“Não sou designer mas gosto especialmente das coisas que tem uma função ou algum uso prático, mesmo que a proposta seja extravagante”, conta o estilista, que é internacionalmente conhecido pelos seus excessos criativos nas passarelas. Jean Paul Gaultier, 60 anos, acaba de lançar no mercado europeu duas luminárias, especialmente imaginadas para a marca de móveis e decoração Roche Bobois. Em forma de bustos vestidas com as infalíveis listras, que o estilista tanto aprecia, as duas peças batizadas de “Maschio” e “Femina” podem ser adquiridas pelo preço médio individual de 1.420 euros. Apoiadas numa base de madeira laqueada, as luminárias tem altura de 160cm ou 170cm e são à imagem dos frascos de perfume da maison do estilista.

Posted in Design | Tagged , , , , | Comentários desativados em Iluminadas

Metáfora do design

Laffayette Maison, que é um dos meus sonhos de consumo, resolveu surpreender mais uma vez e convidou para o Designer’s Days jovens designers holandeses para mostrar sua identidade. A exposição Dutch Paradox está sendo apresentada até 23 de junho nas vitrines da loja. Como sempre, com seu design imbuído de muitas influências culturais, geográficas, que sugere uma visão paradoxal da decoração. Algo que se aproxima muito mais da arte contemporânea para criar uma sintonia entre estilo e identidade. É tudo muito cabeça, sempre. Mas a relação que os designers estabeleceram no próprio espaço de exposição mostra ao espectador toda a força  icônica de suas peças. Só vendo para entender.

Posted in Design | Tagged , , | Leave a comment

Mathieu Lehanneur

A editora Gestalten lançou a primeira monografia consagrada inteiramente ao trabalho do designer francês Mathieu Lehanneur. A obra, ricamente ilustrada, mostra toda a riqueza criativa de Lehanneur, sua paixão pela decoração e a construção de sua carreira. Esse livro atípico compila as ideias do designer, através de fotos, maquetes, croquis e ilustrações que revelam os objetos criados por Mathieu Lehanneur. Sob uma ótica inovadora, a leitura desse livro conduz o leitor a uma viagem visual que termina no atelier parisiense desse verdadeiro artista.

Posted in Design | Tagged , , , | Comentários desativados em Mathieu Lehanneur

Studio Drift

Os holandeses Ralph Nauta e Lonneke Gordijn questionam em suas luminárias as relações entre tecnologia, natureza humana e valores emocionais. Lâmpadas que se iluminam apenas com a presença humana e parecem flutuar no espaço com gravidade quase zero. Essa é a proposta dos fundadores do Studio Drift, que aspiram, entre outros, a desenvolver um design atemporal, misturando conhecimento tecnológico, intuição e ficção científica como missão permamente a procura do equilíbrio entre a natureza e a Era da Comunicação.

A luminária Fragile Future III combina todas essas características num sistema elétrico complexo que se transforma numa escultura de luz. Nauta e Gordijn reagem à Era da revolução digital, desenvolvendo projetos que promovem a sensação de que a luz parece gravitar através de estruturas tridimensionais leves e dinâmicas. Esse projeto, que abriga as lâmpadas em casulos, propiciando uma iluminação suave e difusa, foi desenvolvido em colaboração com a Carpenters Workshop Gallery de Londres.

A dupla aprecia o conceito de instalações interativas de tal forma que, uma das suas criações, a luminária Flylight, composta por mais de 180 tubos de vidro, foi inspirada no comportamento de um bando de pássaros em rota de migraçãopara traduzi-lo em padrões de luminosidade ambiente por meio da tecnologia e interatividade.

O plano de vôo dentro do bando parece aleatório, mas como os designers pesquisaram, não é isso o que ocorre e cada membro tem uma função específica nessa viagem migratória. Baseado nesse conceito de interatividade a peça foi especialmente projetada para responder ao movimento de pessoas nos ambientes através da alteração gradual da luminosidade.

Enquanto a Oil Light é formada por pequenos tubos brancos que, reagrupados, iluminam discretamente os ambientes e harmonizam a decoração com seu singelo formato de guirlandas.

Posted in Design | Tagged , , , , , | Comentários desativados em Studio Drift

Vasos poéticos

Para festejar seu primeiro aniversário, o showroom parisiense Mondomio Bellechasse convidou Andrea Branzi para apresentar com exclusividade uma coleção de 18 vasos em cerâmica “Portali”, editados pela marca SuperEgo. “Existem civilizações que não tem uma arquitetura própria mas todas, invariavelmente, possuem vasos. Esse objeto inútil mas indispensável”, filosofa Branzi.

O arquiteto e designer foi buscar inspiração na delicada cultura japonesa para criar a linha de vasos “Portali”, condensando em espaços reduzidos um olhar singular sobre esse objeto decorativo ancestral. Talhados em forma de caixas modeladas, que deixam os vegetais e outras peças decorativas à vista, compondo uma sorte de ikebana, essas pequenas arquiteturas inventadas pelo designer podem acolher objetos em miniatura, micro-plantas ou somente uma rosa.

A ideia de Branzi é que esses delicados vasos em faiança branca possam se transformar em mini-jardins domésticos e terapêuticos ou como ele afirma: “apenas numa estrutura decorativa para amparar flores num formato que ultrapassa a ideia de um simples vaso.” De qualquer maneira, seja qual for a teoria estética de Branzi, os vasos “Portali” já se tornaram peças para colecionador.

Posted in Design | Tagged , , , , , | Comentários desativados em Vasos poéticos

Lalique

A maison Lalique, em colaboração com os estúdios de arquitetura Andrée Putman, revisita um clássico dos tempos modernos: o lustre em cristal. O estúdio Putman recriou algumas luminárias em linhas sóbrias e refinadas, que fazem alusão às peças decorativas que René Lalique desenhou para o transatlântico francês Normandie.

Com design arrojado e fortemente inspirado nos anos 30, o lustre “Orgue”, lançamento da maison Lalique para esse outono-inverno europeu, é uma aposta assertiva e atemporal de que os clássicos nunca saem de linha. O estúdio da arquiteta francesa Andrée Putman soube incutir nesse objeto tradicional ares e formas modernas, revisitando com classe e sobriedade esse lustre composto de cristais finos.

Deixando para atrás as velas e outras lâmpadas incandescentes, Putman se valeu da criatividade para se apossar comme il faut das novas tecnologias, como os LED’s, para tornar esse objeto decorativo ainda mais contemporâneo. Muito mais eficiente e eficaz, esta solução reuniu numa única peça características especiais, como a luz indireta e discreta, que produz uma iluminação muito mais pura e nítida. Outro detalhe que impressiona nesse lustre “Orgue” é o delicado trabalho em cristal que, distribuído em centenas de cilindros arredondados no formato de três auréolas, produzem leveza e dão a impressão de que a peça levita no meio do salão. Essa experiência na iluminação se aplica perfeitamente às diferentes propostas da coleção “Orgue” em modelos básicos, como arandelas ou luminárias de mesa.

Posted in Design | Tagged , , , , , | Comentários desativados em Lalique