Arte conceitual

Estética industrial em concreto armado, pilastras de ferro aparente com teto envidraçado. Essa é arquitetura do Cent Quatre que passou dois anos em reforma antes de abrir suas portas ao público no final de 2008 para tornar-se o centro artístico por excelência da cidade.

Graças à política cultural do prefeito de Paris, Bertrand Delanoë, o local foi planejado para acolher artistas-residentes de todas as partes do mundo e transformou-se em pouco tempo na opção preferida para a promoção de festivais musicais, exposições, conferências, ateliês, feiras de arte e desfiles de moda, como os dos estilistas Alexandre McQueen e da Maison Martin Margiela, em 2010, que souberam aproveitar dos quase 40.000 m² do local para organizar passarelas com mise en scène teatral. Esse espaço artístico, único no mundo, abriga uma livraria, um restaurante e La Maison des Petits espaço lúdico imaginado pela designer Matali Crasset, dedicado exclusivamente para pais e filhos.

 Le 104: 11, bis rue Curial, Paris 19

About Marilane Borges

Eu amo a França e nutro desde sempre uma paixão por Paris, onde decidi viver por minha própria conta, talento e risco. Deu certo e continuo feliz com minhas escolhas. O Mademoiselle Borges é uma das janelas da minha alma de onde vislumbro beleza, talentos e pessoas interessantes. Deleite-se!