Monthly Archives: janeiro 2012

Frio temperado

Dia de sol lindo lá fora e na passarela tons cinzas que anunciam um inverno não muito severo mas que pede uma certa sobriedade. Uma das opções do estilista Juan Pedro López que colocou na passarela do 080 Barcelona Fashion Week  sua coleção outono-inverno 2012-2013. Vestidos delineados por um rico trabalho artesanal, blusas segunda-pele com pedrarias bordadas que deixavam antever decotes generosos. Uma coleção feita especialmente para mulheres que vivem nos continentes onde o inverno não é rigoroso.

Posted in 080 Barcelona Fashion Week 2012 | Tagged , , | Leave a comment

Café Paco Rabanne by Hédiard

Um café que leva a assinatura de dois grandes representantes da art de vivre, cada um em seus respectivos universos, ou seja, moda e alta gastronomia. Paco Rabanne e a maison Hédiard decidiram investir nesse projeto de um café efêmero, que vai durar apenas alguns meses, de 25 janeiro a 24 de março, portanto, se você estiver em Paris não deixe de ir ao  Printemps Haussmann para saborear as sobremesas deliciosas assinadas pelos chefs da Hédiard.

Posted in Parisiando | Tagged , , , , , | Leave a comment

Clin d’oeil

Tudo é silêncio e tranqüilidade assim que se cruza a porta do número 12, rue de Baune, no 7º arrondissement parisiense. Um pedestre incauto poderia imaginar que essa antiga porta esculpida há séculos seria apenas o endereço de uma residência discreta, mas é nesse endereço que se encontra o showroom do designer e arquiteto de interiores Chahan Minassian, 50 anos. Rodeado de calma e cercado de beleza, é aqui que ele acolhe calorosamente os clientes internacionais para propor projetos cheios de estilo.

A atmosfera artística não abandona o local em nenhum momento, desde o jardim repleto de plantas, que enquadram portas e janelas, ao hall decorado com móveis refinados e acessórios elegantes. Nesse antiquário, tudo parece milimetricamente pensado para estar em harmonia e essa não deixa de ser a primeira impressão que se tem do caráter refinado desse anfitrião. Afinal, Chahan é apreciado por seus clientes exatamente por ser detalhista e possuir um olho clínico para o que é belo e sofisticado. Aliás, essa característica marcante é apenas uma das facetas da brilhante personalidade desse armeniano que se instalou em Paris em 1976 e, desde então, vem conquistando o mundo.

Não é por acaso que Chahan Minassian é um especialista na arte de conquistar, seja desenhando projetos arquiteturais ao redor do mundo, com o toque inequívoco de sua elegância, seja recebendo as pessoas para uma conversa informal em torno da beleza com o propósito de transformar a casa delas num verdadeiro oásis de paz. Tal qual a atmosfera do seu showroom em Paris. www.chahan.com

Posted in Parisiando | Tagged , , , | Comentários desativados em Clin d’oeil

A moda do Olé!

O local escolhido para a apresentação dos desfiles outono-inverno 2012-2013 do 080 Barcelona Fashion Week não poderia ser mais propício: o Museu de História de Barcelona. Localizado no centro antigo da capital, esse edifício que data do primeiro século antes de Cristo, é rodeado por contruções medievais, como o Palácio Real, a Capela de Santa Ágata ou ainda o Palácio Gótico conhecido como Casa Padellàs. Durante quatro dias foi nesse endereço histórico que os criativos estilistas espanhóis desfilaram suas coleções, mixando um arco-íris de cores com uma overdose de delírio e ousadia ultra-criativa. As coleções, em sua maioria com forte apelo comercial, iluminaram a nave desse espaço mostrando que, sobretudo em momentos de crise, é preciso aprender a se recriar e reinventar o convencional, mesmo que seja apenas por uma temporada.

O primeiro dia de desfiles de uma semana de moda é sempre uma incógnita do que ainda está por vir e um estresse elevado à décima potência. O que será que será? O que virá? É esse ponto de interrogação que coroa a cabeça dos estilistas que abrem os primeiros desfiles. São eles os primeiros que sofrem mais pressão, e não é para menos, porque o público espera com ansiedade por algo extraordinário e muitas vezes a frustração pode ser maior que o imaginado. Mas, como em todo projeto criativo, esse é um risco permanente. Foi isso o que aconteceu durante a apresentação da coleção outono-inverno 2012-2013 do 080 Barcelona Fashion Week, mas  não vou comentar o que não apreciei durante os quatro dias de desfiles, porque não é esse o meu objetivo, vou apenas pincelar com meus comentários sobre a coleção dos estilistas que atraíram a minha atenção do início ao fim…

 

 

Posted in 080 Barcelona Fashion Week 2012 | Tagged , , , , , | Leave a comment

Ultra suavidade

Um final de noite cor da pele, literalmente. Foi essa palheta de cores de  ascendência bege que a estilista Montse Liarte escolheu para compor seu desfile outono-inverno 2012-2013 do 080 Barcelona Fashion. Dos acessórios – meias, bijuterias, sapatos – aos tricôs em tons pastel tudo estava associado a essas cores suaves e pálidas. Apenas o dourado dos colares que enfeitavam o pescoço das modelos irradiavam um pouco de energia, tal qual o sol da meia-noite.

Posted in 080 Barcelona Fashion Week 2012 | Tagged , , | Leave a comment

Moda encantada

A estilista Celia Vela apelou para sua criatividade e deu asas à imaginação durante o 080 Barcelona Fashion, mostrando detalhes que sempre fazem a diferença num visual: os acessórios. Durante o seu desfile a passarela adotou a fauna e a flora como contraponto para a sua coleção de roupas básicas. Meias de renda envolvidas por sapatos enfeitados com passarinhos e libélulas que se apoiavam em golas oversizes trouxeram um ar de leveza e fantasia nessa noite de apresentação dos primeiros desfiles outono-inverno 2012-2013.

Posted in 080 Barcelona Fashion Week 2012 | Tagged , | Leave a comment

Homens das Arábias

Na noite da abertura dos desfiles do 080 Barcelona Fashion Week, apreciei com interesse a sobriedade o desfile do Josep Abril, que trabalha a silhueta masculina de uma maneira abordável. Ou seja, que os homens, tanto os modernos, como os convencionais, podem usar sem grandes dilemas. Nessa coleção, Josep privilegiou os detalhes simétricos e assimétricos para construir uma alfaiataria clássica e optou pelas cores azul marinho, cinza e preto, of course, para criar uma sobriedade sob medida no guarda-roupas masculino. O diferencial que marcou a cenografia dessa coleção outono-inverno 2012-2013 foram alguns turbantes amarrados na cabeça dos modelos, imitando Lawrence da Arábia.

Posted in 080 Barcelona Fashion Week 2012 | Tagged , , , | Leave a comment

Basil Soda

Era noite quando o desfile começou num liceu no bairro de Saint-Germain-des-Prés. Correria para encontrar o lugar antes que as luzes sejam apagadas. A música começa a ecoar e o vendaval de tecidos envolventes, sedas, musselinas e rendas circulam suave e calmamente pela longa passarela. As modelos macérrimas comme il faut parecem angelicais envolvidas até os pés em longos amarelos, brancos e pérolas.

Esse é o desfile Haute-Couture Primavera-Verão 2013 de Basil Soda. O estilista libanês colocou em evidência microscópicos cristais cinzentos, adornos e pequenas pérolas douradas para decorar os vestidos. Estas delicadas camadas revelam uma construção molecular complicada na rica tradição da Alta-Costura. O trabalho é de uma riqueza ímpar e demanda muita habilidade. Um tecido de seda sem adornos funciona como uma camada exterior que é cuidadosamente costurada revelando a parte interior dos vestidos. No final o  resultado é como se fosse o brodado tivesse sido feito sobre a própria pele.

Posted in Moda & Modos | Tagged , , , , | Leave a comment

Vik Muniz no Lutetia

O brasileiro Vik Muniz, o americano Elliot Erwitt, o japonês Keichii Tahara e o europeu Mimmo Jodice receberam carta branca para exprimir toda a sua arte nas suítes batizadas de Rotondes. Durante um ano cada uma dessas quatro suítes vai  se tornar uma espécie de galeria fine art privada com imagens cedidas pela Maison Européenne de la Photographie que evocam o perfil eclético desses artistas.

Esse emblemático hotel rive gauche, verdadeiro patrimônio francês, celebrou o seu centenário sublimando esses quatro quartos, sem contudo, abandonar. A representação da América do Sul coube à Vik Muniz, um hóspede fiel do Lutetia, que selecionou as imagens a serem expostas na suíte que leva seu nome. Entre as obras escolhidas por Muniz, consta o quadro com a imagem de Brigitte Bardot pontilhada em diamantes, da célebre série “Diamond Divas”, onde o contorno do rosto da famosa francesa foi recoberto com quase meio quilo de diamantes. Tem ainda Marilyn Monroe decalcada em chocolate e a Mona Lisa, de Leonardo da Vinci, com sua efígie reproduzida com peças de quebra-cabeça.

Todavia, dentre todas essas obras, a mais impressionante continua sendo o próprio hotel Lutetia, que atravessou várias décadas, com seu clássico estilo dos anos 1930 e sua soberba arquitetura que evidencia o mais puro estilo Art Déco para deleite dos parisienses e para todos os visitantes da Cidade-Luz. Hotel Lutetia: 45, Boulevard Raspail, Paris 07. www.lutetiaparis.com

Posted in Frescurites, Viajar | Tagged , , , , , , | Comentários desativados em Vik Muniz no Lutetia

Rigor formal

A artista brasileira Lygia Pape, que imprimiu sua marca na arte Neoconcreta brasileira, está sendo homenageada na Serpentine Gallery pela sua ousadia e rigor formal. “Espaço magnetizado” é a primeira grande exposição do trabalho de Lygia Pape, que está sendo apresentada pela primeira vez no Reino Unido. Em cartaz até fevereiro de 2012, na Serpentine Gallery, em Londres, a mostra reúne várias obras, algumas conhecidas e outras inéditas, cobrindo escultura, performances, pinturas, filmes, poemas, gravuras e colagens da artista.

A exposição “Espaço magnetizado” apresenta obras de toda a carreira de Pape, incluindo os primeiros desenhos e poemas de seu período Neoconcreto, como livros, a série batizada de “Caixas”, balés e performances, a obra “Divisor” e “O ovo”. Muitos destes trabalhos foram criados em resposta à repressão política crescente no final dos anos 1960 no país e reflete a visão crítica da artista sobre a elite brasileira. Pape centrou-se na representação da emoção e da sensação, que foram descritas pelo artista Hélio Oiticica, contemporâneo de Pape, como “sementes permanentemente abertas.”

Com seu incrível estilo de produzir arte, Lygia Pape (1927–2004) deixou cair as barreiras entre o espectador e a obra, manipulando linguagens visuais e espaciais para fazer do trabalho artístico uma construção permanente. Pape é conhecida pela realização de gravuras e composições complexas, algo que ela repetiu mais tarde em suas instalações. Sua busca constante por uma linguagem dedicada a incorporar o espectador à obra a levou a trabalhar com crianças das favelas do Rio de Janeiro, onde criou uma invenção singular com grandes telas brancas, repletas de buracos perfurados em que crianças passavam suas cabeças e, sem saber, faziam parte de uma obra de arte no simples ato de brincar. Serpentine Gallery, Kensington Gardens, London, W2 3XA

Posted in Frescurites, Visitar | Tagged , , , | Comentários desativados em Rigor formal